Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação - UFMS


Volumes anteriores > volume 15 n. 30

Revista completa em pdf.

Sumário

“Ensino Inclusivo”: uma expressão incorreta.
Anna Maria Lunardi Padilha | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Exclusão e inclusão não são conceitos que se auto definem e ensino também não possui sentido homogêneo porque depende do mirante de onde se olha, da perspectiva que assumimos, do conhecimento da História, das expressões culturais e do poder político. Se ensino ou instrução, se educação e escola são práticas sociais e fazem parte da história das sociedades letradas, significa  que é para todos. Colocar um adjetivo – inclusivo – parece-me inoportuno e teoricamente insustentável. Não poderá haver verdadeiramente educação que não seja para todos, mesmo que a História, muitas vezes nos mostre o contrário. Não poderia existir alguém do gênero humano que não tenha direito de acesso aos bens materiais e culturais que a humanidade vem desenvolvendo ao longo de sua história.
Palavras-chave: Ensino Inclusivo; Direito à Educação; Práticas Escolares.

Exclusion and inclusion are not self-defining concepts and teaching, also, does not have a homogeneous meaning because it depends on the point from where we look at it, the perspective we take, our knowledge of History, the cultural expressions and the political power. If teaching or instruction, education and scholarization are social practices and are part of alphabetized societies’ history, it means it is for all. To put an adjective – inclusive – seems to me inopportune and theoretically unsustainable. There cannot truly be education that is not for all, even if there are in History many counter-evidences. There should not exist any human being without his rights of access to material and cultural assets which humanity has been developing through its history.
Keywords: Inclusive Teaching; Right to Education; Scholar Practices.

 


Discurso de inclusão e política educacional: uma palavra, diferentes sentidos.
Carina Elisabeth Maciel | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Este artigo tem o objetivo de analisar o discurso de inclusão em um conjunto de documentos que normatizam as políticas públicas e de educação no decorrer dos anos 2003 a 2008. O estudo identificou compreensões diversas acerca do sentido da palavra inclusão enquanto discurso elaborado em uma sociedade capitalista.
Palavras-chave: Política social; Política educacional; Inclusão.

This article aims to analyze the discourse of inclusion in a set of documents that regulate public policy and education in the years 2003 to 2008. The study identified several understandings about the meaning of the word inclusion as speech produced in a capitalist society.
Keywords: Social policy; Education policy; Inclusion.

 


O sujeito “diferente ou deficiente” no contexto da modernização social - fundamentos teóricos e metodológicos.
Cristiane de Quadros Mansanera, Dulce Barros de Almeida | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

O texto ora apresentado constitui-se em uma pesquisa teórica de cunho histórico. Demonstra a necessidade de aprofundamento teórico metodológico no que diz respeito aos aspectos históricos que constituem o atendimento e acompanhamento terapêutico/pedagógico do sujeito “diferente ou deficiente”. Permite perceber como a idéia do ser “diferente ou do ser deficiente” foi determinada histórica, social e culturalmente. As discussões sobre os processos de exclusão/inclusão social apresentadas no texto embasam os discursos que se fazem presentes no contexto cultural e educacional contemporâneo e que fundamentam as práticas institucionais da inclusão do sujeito “diferente ou deficiente”, articulando aspectos econômicos, sociais e culturais em busca da compreensão de sua gênese e de seu sentido histórico.
Palavras-chave: Educação especial; Eugenia e higienismo; Fracasso escolar.

The text presented is based on a theoretical research of historical. Demonstrates need of most deepening theoretical methodological with regard to historical aspects that constitute the care and monitoring therapeutic/pedagogical of the subject “different or deficient”. Allows understand how the idea of be "different or be deficient" was determined historical, social and culturally. The discussions about the processes of social exclusion/ inclusion presented in the text underlie the speeches that are present in the context of cultural and educational contemporary and based institutional practices of inclusion of the subject “different or deficient”, linking economic, social and cultural aspects, looking for understanding of its genesis and its historical sense.
Keywords: Special Education; Eugenics and hygienism; School failure.

 


Implicações teóricas e práticas advindas do conceito social de deficiência.
Gustavo Martins Piccolo, Saulo Fantato Moscardini, Vanderlei Balbino da Costa| Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Objetivamos com este texto tecer comentários acerca do processo de construção social da deficiência, ressaltando sua gênese histórica e as implicações derivadas de tal constructo analítico, cuja interferência se dá tanto em termos teóricos como práticos. Para tanto, estudamos criteriosamente os artigos publicados por Sadao Omote em periódicos até 08/07/2009, posto que o referido autor trata-se  de um dos principais ícones da dita concepção de deficiência no campo da Educação Especial, destacando suas principais idéias e pressuposições. Por fim, ressaltamos que o entendimento da deficiência como socialmente construída não implica na subestimação dos componentes biológicos presentes em sua arquitetura. Logo, a interpretação da deficiência como um fenômeno socialmente construído deve ser interpretada não no sentido de obnubilar os componentes biológicos de sua constituição, mas, sim, como uma tentativa de reconfigurar uma relação historicamente enviesada pelo prisma biologicista e cartesiano.
Palavras-chave: Educação Especial; construção social da deficiência; inclusão.

Aim with this text comment about the process of social construction of disability, emphasizing its historical genesis and the implications derived from this analytical construct, whose interference occurs in both elements, theoretical and practical. Thus, we studied carefully the articles published in journals by Sadao Omote until 08/07/2009, as the author is a major icons of the actual concept of disability in the field of Special Education, emphasizing its main ideas and presupposed. Finally, emphasize that the understanding of disability as socially constructed does not imply in the underestimation of the biological components in their architecture. Therefore, the interpretation of disability as a socially constructed phenomenon should not be interpreted to abscond the components of their biological constitution, but as an attempt to reconfigure a relationship historically biased by biological and Cartesian perspectives.
Key-words: Special Education; the social construction of disability; inclusion.

 


Direito à educação para o deficiente: garantia ao exercício efetivo da cidadania e profissionalização.
Maurinice Evaristo Wenceslau | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

O Direito à educação sempre esteve inserido em uma perspectiva mais ampla dos direitos à cidadania e à profissionalização. Esse texto corresponde ao aprofundamento de uma hipótese, que orienta projeto de pesquisa em desenvolvimento, relacionada à trajetória histórico-jurídica das formas de assegurar direitos aos sujeitos diferentes, principalmente, os direitos educacionais, de exercício da cidadania e profissionalização. Para tanto, busca-se verificar como o Direito à educação está formulado em nossas Constituições, na Lei nº 4024/61, nº 5692/71, nº9394/96 e doutrina sobre o tema. O Direito à educação vem historicamente sendo compreendido não somente pela sua dimensão individual, mas também pela social, pois a formação de cada cidadão contribui para o desenvolvimento econômico, político e social de toda a sociedade. No caso dos indivíduos deficientes que, são considerados incapazes de assegurarem por si próprios, no todo ou em parte, as necessidades da vida individual, passa a ser uma questão fundamental, a luta em favor da igualdade na lei e na sociedade e contra a discriminação.
Palavras-chave: Direito à educação; Educação diferenciada; Deficiência; Exercício da cidadania; Inserção social.

The right to education has always been inserted within the wider perspective of rights
to citizenship and professionalization. This text corresponds to the deepening of a hypothesis, orienting an ongoing research project, related to the historical-juridical trajectory of the forms of assuring the rights of different subjects, principally educational rights, the excerise of citizenship and professionalization. To this end, an attempt was made to how the right to education is formulated in our Constitutions, Law # 4024/61, # 5692/71, # 9394/96 and the doctrine on this theme. The right to education has been traditionally comprehended not onlyin its individual dimension, but also socially, for the formation of each citizen contributes to the economic, political and social development of society as a whole. In the case of the deficient, considered as incapable of assuring their rights themselves, the necessities of individual life become a fundamental question, the struggle for equality before the law and in society against discrimination.
Keywords: The right to education; Differentiated education; Deficiency; Exercizing citizenship; Social insertion.

 


Esbozo de la educacion especial en chile: 1850-1980.
Jaime Caiceo Escudero| Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

La Educación Especial fue fundada en Chile en 1852. En este artículo se descubreny explican el desarrollo de tres etapas de la Educación Especial desde sus inicios hasta 1980: a) El Período del surgimiento de la Educación Especial y de los grandes esfuerzos (1852-1926); b) el Período del desarrollo y de los principales precursores de la Educación Especial (1927-1964) y c) el Período de la consolidación y de las grandes realizaciones científicas (1964-1980). La metodología utilizada es la propia de los estudios históricos, es decir, se recurrió a fuentes primarias y secundarias. Especial mención merece el análisis de los documentos oficiales y las entrevistas a expertos en el área.
Palavras-chave: Historia de la Educación; Educación Especial; Trastornos de aprendizaje; Deficientes.

Special education was founded in Chile in 1852. In this article, Three stages in the history of special education development are explained and outlined from its beginning to 1980: a) the emergence period of Special Education and the great efforts (1852-1926), the period of the development of Special Education and its main precursors (1927-1964) and c) the period of consolidation and major scientific achievements (1964-1980). The methodology followed the patterns of most historical studies. It involved primary and secondary sources .It is important to mention the analysis of official documents and interviews with experts in this field.
Keywords: History of Education; Special Education; Learning Disorders; Disabilities.

 


A epistemologia qualitativa: contribuições para a pesquisa em educação especial.
Alexandra Ayach Anache | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Este artigo tem como objetivo de apresentar as contribuições da Epistemologia Qualitativa para as pesquisas na área de Educação de alunos com deficiência intelectual. Para esse fim, baseamos-nos nos textos de Lev Seminovich Vygotsky e Fernando González Rey e nos trabalhos que desenvolvemos junto ao grupo de pesquisa cadastrado no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - Desenvolvimento Humano e Educação Especial, vinculado ao Programa de Pós-Graduação do Centro de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. A nossa aproximação com a Epistemologia Qualitativa nos propiciou algumas reflexões sobre a função do professor enquanto orientador do processo educativo. Investimos tanto quanto pesquisadora, quanto orientadora na elaboração de projetos que abordam temas relacionados aos processos de aprendizagem de alunos com deficiência intelectual. Dentre os aspectos pesquisados, salientamos aqueles que privilegiaram a avaliação e o diagnóstico, o currículo, a formação e a prática pedagógica. Esta abordagem tem se mostrado uma proposta teórica metodológica que avança para a construção de metodologias que permitam apreender os processos de subjetivação implicados nos processos educacional das pessoas com deficiência intelectual.
Palavras-Chave: Epistemologia Qualitativa; Educação Especial; Aprendizagem.

This article has for its objective the presentations of the contributions of Qualitative Epistemology to research in the area of Education of students with intellectual deficiency. To this end, we based ourselves in the texts of Lev Seminovich Vygotsky and Fernando González Rey and in the works developed jointly with the Human Development and Special Education research group registered with the National Council for the Scientific and Technological Development [CNPq] and linked to the Post-Graduation Program of the Human and Social Sciences Center of the Federal University of Mato Grosso do Sul. Our approximation with Qualitative Epistemology permitted us to makes some reflections on the function of the teacher as the guide during the educative process. Investments were made as researcher as much as the guide, in projects dealing with themes related to the learning processes of the students with intellectual deficiency. Among the aspects researched, emphasis mus be placed on those favoring evaluation and diagnosis, curriculum, formation and pedagogical practice. This approach has shown itself to be a theoretical and methodological proposal, advancing towards the construction of methodologies permitting the apprehension of subjectivational processes implied in the educational processes of intellectually deficient people.
Keywords:Qualitative Epistemology; Special Education; Learning.

 


Interação entre crianças com e sem necessidades educacionais especiais: possibilidades de desenvolvimento.
Márcia Aparecida Marussi Silva, Maria Terezinha Bellanda Galuch | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

No presente trabalho investigamos as relações entre alunos com necessidades educacionais especiais e os demais alunos, no contexto do ensino regular, visando compreender que tipo de interação contribui com a aprendizagem dos alunos com necessidades educacionais especiais. Buscamos na teoria histórico-cultural elementos para analisar o conceito de interação, evidenciando-o como um processo fundamental na aprendizagem. Analisamos as práticas de aprendizagem dos alunos com necessidades educacionais especiais e os demais alunos, entendendo-as como processos de interação que proporcionam a apropriação dos conteúdos escolares. Constatamos a necessidade da ressignificação do processo de ensino e aprendizagem dos alunos com necessidades educacionais especiais e uma maior reflexão dos professores quanto à prática pedagógica no sentido de oportunizar a interação aluno-aluno.
Palavras-chave: Interação; Aprendizagem; Teoria Histórico-Cultural; Necessidades Educacionais Especiais; Ensino Fundamental.

In this essay we have investigated the relation between learners with educational disabilities and other students, in regular teaching context, in order to understand what kind of interaction contributes to students with disabilities educational learning . We have brought in historic cultural theory elements to analyse the conception of interaction, to make evident the interaction as a teaching essential process. We have analised the learning practices between learners with education disabilities and other learners, spreading them like interaction process which provide the appropriation of school contends. We found out the necessity of changing the meaning of the teaching process and learning of students with educational disabilities and a larger reflection from the teachers about the pedagogical practice in the order to provide the interaction between learners.
Keywords: Interaction; Learning; Historic Cultural Theory; Educational Disabilities.

 


Interações familiares de alunos com paralisia cerebral não oralizados.
Terezinha Ribeiro Guedes, Leila Regina d'Oliveira de Paula Nunes | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

O presente artigo* relata um estudo realizado com o objetivo de descrever e analisar as interações das famílias com pessoas não falantes, usuários ou não de comunicação alternativa e ampliada (CAA). Os participantes desse estudo observacional foram 3 alunas não oralizadas e seus familiares. As alunas frequentavam uma escola municipal do ensino especial no Rio de Janeiro, com idades entre 18 e 22 anos. Duas delas utilizaram anteriormente a CAA. A coleta de dados foi conduzida com filmagens de episódios de interação dessas alunas com seus familiares, em suas residências. Os resultados mostraram que as iniciativas para interação geralmente partiram do familiar (interlocutor), com função de comando. As alunas usavam estratégias como gestos, expressão facial e olhar para se comunicarem. Não houve uso de recursos de CAA, embora os pais tenham se mostrado favoráveis. As interações comunicativas observadas confirmam a necessidade de melhorar a comunicação desses alunos não oralizados. Os recursos de CAA podem atender tal necessidade.
Palavras-chave: Paralisia cerebral; Família; Comunicação alternativa.

This article reports a study with the aim at describing and analysing the family interactions with oraless persons, users or non-Augmentative and Alternative Communication Systems (AAC) users. The participants of this observational study were 3 oraless students and her relatives. They studied at a Town Hall Special School of the city of Rio de Janeiro, with ages between 18 and 22 years old. Two of them had used the AAC. Data collection was conducted with filming of interaction episodes of those pupils with her relatives, in their residences. The results showed that the initiative to interface usually came from the family member (interlocutor) having a command status. The female students used strategies like gestures, facial expressions and glance to communicate. They did not employ AAC devices even though the parents had approved. The interactions that were observed confirm the necessity to improve oraless students communication. The CAA devices can meet this need.
Keywords: Cerebral palsy; Family; Alternative communication.

 


As contribuições da psicologia da educação para a escola: um estudo da produção científica da ANPED e da ABRAPEE.
Norma Celiane Cosmo, Sonia da Cunha Urt | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Esta pesquisa teve por objetivo identificar a presença da Psicologia nas produções científicas do GT-20-Psicologia da Educação da ANPEd e da revista da ABRAPEE no período de 1999 a 2003. Buscaram-se, nas produções investigadas, as concepções de homem, os conceitos de aprendizageme desenvolvimento e as abordagens psicológicas. Os resultados indicaram avanços na produção do conhecimento da Psicologia expressos nesses dois veículos de publicações científicas. Isto ficou constatado nas concepções de homem, de aprendizagem e desenvolvimento e nas abordagens teóricas com a predominância da Psicologia Histórico-Cultural. As temáticas revelaram diferenças nas duas áreas do conhecimento, uma dirigindo o olhar da Educação para a Psicologia e a outra da Psicologia para a Educação resguardando as suas especificidades.
Palavras-chave
: Psicologia; Educação; Produção Científica.

This research had for its objective the identification of the presence of Psychology in the scientific productions of the GT-20 – Educational Psychology of the ANPEd and the ABRAPEE’s review, during the period ranging from 1999 to 2003. From the data listed, research was done on the conceptions of man, the concepts of learning and development and the psychological frameworks. Results indicated advances in the production of knowledge on Psychology, expressed in these two vehicles of scientific production. This was observed in the conceptions of man, of learning and development and the theoretical frameworks with the predominance of Historical-Cultural Psychology. The themes revealed differences in the two areas of knowledge, one orienting Education towards Psychology and the other, Psychology towards Education, while preserving their specificities.
Keywords: Psychology; Education; Scientific Production.

 


Ensinar geografia em uma perspectiva da geografia crítica e da formação sócio-histórica cultural do indivíduo.
Getúlio R. de Lima | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

A educação é um conjunto de relações sociais de uma dada sociedade, que exerce uma ação organizada para transmitir cultura e para criar de uma geração para outra novas idéias, emoções e habitos. A educação é uma forma de subministrar e transmitir a herança cultural de uma dada sociedade. É o trabalho político do ser humano sobre si mesmo. Os métodos de ensinona perspectiva da Escola Sócio-Histórica Cultural e da Geográfia Crítica para a compreensão da realidade, não parte simplesmente da “quantidade dos dados empíricos disponíveis” de um dado fenômeno da realidade, mas de categorias e princípios que “regem a totalidade concreta”.
Palavras-chave: Geografia Crítica; Escola Sócio-Histórica Cultural; Vygotsky, educação.

Education is a set of social relations of a given society, which holds an action organized to transmit culture and to create a generation to another new ideas, emotions and habits. Education is a form of suminitration and transmits the cultural heritage of a given society. It is the political work of human beings on itself. The methods of education in the perspective of the School Socio-Cultural and Historical Geography Critical to the understanding of reality, not just part of the "amount of empirical data available" of a particular phenomenon of reality, but of categories and principles that "govern the entire concrete."
Keywords: Critical Geography; Socio-Historical and Cultural School; Vygotsky, education.

 


História da educação escolar de mulheres negras: as políticas públicas que não vieram...
Giane Elisa Sales de Almeida | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

O presente artigo é parte de um dos capítulos da dissertação realizada no programa de Pós-Graduação da UFF - Universidade Federal Fluminense -, denominada “Entre Palavras e Silêncios: Memórias da Educação de Mulheres Negras em Juiz de Fora – 1950/1970.” O artigo procura abordar alguns aspectos relativos à história da educação de mulheres negras a partir da análise dos fragmentos de memória disponibilizados pelos sujeitos da investigação. Neste intento o artigo apresenta aspectos relativos à história da educação brasileira e como tais aspectos se relacionam à trajetória escolar de mulheres negras e às políticas públicas vigentes no período. Na tentativa de desenhar um perfil do que tenha sido a história educacional deste grupo, particularmente na cidade de Juiz de Fora, e em linhas gerais no Brasil, utilizou-se a história oral como metodologia para que fossem analisados aspectos relativos à cultura escolar e à democratização da escola pública no Brasil, bem como os modos como as políticas públicas voltadas à escolarização interferiram nas histórias de vida das mulheres negras. Além disso, o artigo relaciona as categorias raça e classe para o entendimento da fruição do direito à cidade e à escola pública como um importante equipamento urbano.
Palavras-chave:Mulheres negras; história da educação; políticas públicas.

This present article is part of the one some chapters of the dissertation realized in the program of Post Graduation of UFF – Universidade Federal Fluminense – called “Between words and silences: Memories of Education of Black Women in Juiz de Fora – 1950/1970.” The article seeks to approach some aspects relative to the history of black women's education from analysis of the fragments of memory came from the subjects of research. In this intent, the article presents some aspects relating to the history of brazilian education and as such this aspects related to school trajectory of black women and the publics politics present in this period. In attempt to delineate a profile that had been the educational history of this group, particularly in the city of Juiz de Fora, and in general lines in Brazil, used the oral history as the methodology that was analysed aspects related to school cuture and democratization of the public school in Brazil, as well as the ways how the publics politics guided to education, interfered in life histories of black women. Furthermore, this article relates the cathegories, race and class, for the understanding of fruition of the right to city and the public school as an important urban equipment.
Keywords: Black women; History education; Publics politics.

 


Uma visão intertextual e interdiscursiva do trem do pantanal.
Arlinda Cantero Dorsa | Artigo completo em pdf.

Resumo e abstract

Este trabalho é parte da tese de doutorado intitulada: Linguagem e Discurso nas crenças culturais sul-pantaneiras e a autora é ligada ao Mestrado e Desenvolvimento Local que tem como linha de pesquisa: O Sagrado e o Místico da fé no contexto de Territorialidade. Fundamenta-se na vertente sócio-cognitiva, proposta por Van Dijik (1988) procurando estabelecer uma inter relação entre as estruturas discursivas, os contextos locais, sociais e globais e as representações mentais socialmente adquiridas. Objetiva contribuir com os estudos discursivos da cultura brasileira e examinar por meio de expressões verbais presentes em textos lingüísticos, letras musicais sul-pantaneiras a partir de um texto-base “Trem do Pantanal” e pela inserção de intertextos e interdiscursos. Os resultados obtidos das análises indicam que os intertextos musicais mostramse adequados para o tratamento dos valores culturais regionais assim como os intertextos de História e Etnografia.
Palavras chaves: Análise do discurso; Estrutura do Discurso; Cultura. Intertextos.

This work is part of the doctoral thesis entitled: Speech Language and cultural beliefs in South Pantanal and the author is linked to the Master and Local Development whose line of research: The Sacred and the mystical faith in the context of territoriality. It is based on the present socio-cognitive, proposed by Van Dijik (1988) seeking to establish an inter-relationship between discursive structures, the local, social and global mental representations socially acquired. Aims to contribute to discourse studies of Brazilian culture and examined by means of verbal expressions present in linguistic texts, music lyrics South Pantanal from a text-based "Trem do Pantanal" and inserting intertexts and interdiscourse. The results of the analysis indicate that the intertexts music prove to be adequate for the treatment of regional cultural values as well as the intertexts of History and Ethnography.
Keywords: Discourse analysis; Discursive structures; Culture. Intertexts.

 


Resumo de dissertaçőes defendidas.
Arquivo em pdf.

Lista de dissertaçőes

    • O som que vem da Escola: as bandas e as fanfarras escolares em Campo Grande. Autora: NILCEIA DA SILVEIRA PROTÁSIO CAMPOS.
    • A Língua Portuguesa para a Educação de Jovens e Adultos nas Propostas Curriculares do Ensino Fundamental, no Brasil e em Mato Grosso do Sul, 2000 e 2003. Autora: MARCIA PROESCHOLDT WILHELMS.
    • A Educação de surdos em Cacoal, RO: um encontro com a realidade . Autora: APARECIDA DE FÁTIMA GAVIOLI.
    • A apropriação da cultura no processo educativo: a constituição do sujeito em Manoel de Barros e Mário Quintana. Autora: MARIA ALICE ALVES DA MOTTA.
    • A Álgebra nos livros didáticos do Ensino Fundamental: uma análise praxeológica. Autora: ROSEANE CORSINI SILVA NOGUEIRA.
    • A cultura da criança quilombola: uma leitura referenciada em estudo, relatos orais e imagens. Autora: ARILMA MARIA DE ALMEIDA ESPINDOLA.
    • O estudo da normalização das condutas: a educação e o trabalho em unidades penais. Autora: LÍVIA MOREIRA QUINTANA CABRAL.
    • Os discursos da inclusão escolar no Brasil e no Mato Grosso do Sul (1998-2008). Autor: SÉRGIO ROBERTO JORGE ALVES.
    • Da Educação Especial a (re) invenção da escola para todos: exclusão, inclusão escolar e educação inclusiva. Autora: SUELY MIRANDA MÔNACO.
    • As salas de tecnol educacionais: modos de "ensinar"e de "aprender"como tradução da cultura escolar. Autora: CLÁUDIA NATÁLIA SAES QUILES.
    • Educação Profissional e Politécnica no Brasil (1930-1980) . Autor: HILTON GOMES PEREIRA.
    • A avaliação institucional como política pública no campo da educação e o curso de direiro do CEULJI - ULBRA - JI-PARANA-RO. Autora: CLAUDIA MARINA BARCASSE MORETTO ALVES.
    • A prática educativa do conselho tutelar: uma abordagem no município de Ouro Preto do Oeste/RO de 2001 a 2007. Autor: OSCAR FRANCISCO ALVES JUNIOR.


Voltar para lista de volumes anteriores.

 
©2008 InterMeio - Revista do Programa de Pós-graduação em Educação da UFMS | ISSN